Trofa investiu 38 milhões de euros em 43 projetos com 19,5 de euros de fundos europeus

camara trofa municipio

Desde 2014, a Câmara Municipal da Trofa, com a Comissão Europeia e a CCDR-N, implementou 43 projetos que implicaram um investimento municipal de 38 milhões de euros. A comparticipação dos fundos europeus é no valor de 19,5 milhões.

De acordo com o relatório publicado pela CCDR-Norte, “Portugal 2020 na Região Norte: operações da esfera municipal e abordagens territoriais integradas”, o concelho da Trofa foi o que registou maior crescimento relativo de fundos aprovados em operações da esfera municipal apoiadas pela Política de Coesão (superior a 40%), sendo que em termos absolutos foi dos concelhos que registou maior crescimento (acréscimo acima dos 4 milhões).

O investimento, tendo em vista o desenvolvimento do concelho, assentou em sete áreas de atuação: Animais, Ambiente, Património Cultural, Transição Digital, Reabilitação Urbana, Mobilidade Sustentável e Educação.

No dia diz respeito ao bem-estar animal está o CROA da Trofa, com um investimento de um milhão de euros e 196 mil euros de comparticipação.

O ambiente teve sete projetos, com destaque para a Recuperação e Valorização da Bacia Hidrográfica do Ave, num investimento total de 1,6 milhões de euros e uma comparticipação de 1,2 milhões de euros.

Entre outros projetos ligados à educação, está a requalificação e modernização das instalações da Escola Básica Professor Napoleão Sousa Marques. Direcionado para as pessoas, está o Trofa +, um projeto pensado para criar um ambiente de aprendizagem inovador, adaptável ao aluno, dinâmico e interativo.

Com um investimento total de 9,6 milhões euros, aplicado em 6 candidaturas, foram criadas ciclovias no concelho, melhorando a utilização de modos de locomoção saudáveis e sustentáveis.

Uma das áreas com maior investimento foi a da reabilitação urbana, já que a autarquia trofense investiu mais de 20 milhões de euros, com comparticipação de 7,2 milhões, em cinco projetos estruturais, com especial destaque para a construção dos Paços do Concelho, da Praça do Município e requalificação da antiga Estação Ferroviária da Trofa.

Ao nível do património cultural, estão duas operações aprovadas, Castro de Alvarelhos e Arte Sacra do Coronado, com um investimento total de 514.117,34€, investimento elegível de 507.210,89€ e fundo de 431.129,24€.

1 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Famalicão: Alunos da D. Sancho visitam CROA

A turma 1006 da Escola D. Sancho I terminou o projeto de Cidadania “Dar as mãos às patas” com uma visita ao Centro de Recolha Animal de Famalicão. Esta iniciativa teve como objetivo proporcionar aos estudantes uma compreensão mais profunda do trabalho realizado pelos funcionários do canil e das condições das instalações.

A visita começou com uma calorosa receção por parte dos funcionários do canil, que se mostraram disponíveis para responder a todas as questões dos alunos. Foi feita uma apresentação sobre o funcionamento do canil, a rotina diária dos trabalhadores e os desafios enfrentados na gestão e cuidado dos animais abandonados.

Os alunos tiveram a oportunidade de percorrer as instalações, conhecendo de perto os espaços onde os animais são abrigados, alimentados e tratados, com cuidados de higiene e médicos.

Os alunos também foram informados sobre as campanhas de adoção promovidas pelo canil e a importância da esterilização para o controlo populacional de animais de rua. Esta parte da visita foi especialmente relevante para sensibilizar os jovens sobre a responsabilidade que a posse de um animal implica e a importância de adotar em vez de comprar.

Segundo os responsáveis da turma, «a visita ao canil foi uma experiência enriquecedora para os alunos, proporcionando-lhes uma visão prática do trabalho voluntário e da cidadania ativa». Acreditam que «esta atividade não só promoveu a empatia e a responsabilidade social entre os estudantes, como também despertou neles o desejo de contribuir de forma mais ativa para a causa dos animais abandonados».

Mau tempo: ‘Rio atmosférico’ aproxima-se da região e IPMA lança aviso amarelo devido à chuva

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu um aviso amarelo para os distritos de Braga e Viana do Castelo na segunda-feira, devido a precipitação persistente e forte. Este aviso estará em vigor entre as 12:00 e as 21:00.

O IPMA alerta que, além da chuva intensa prevista para segunda-feira, há possibilidade de queda de granizo e formação de trovoada nos dias seguintes, especialmente na quarta-feira.

Maria Silva está desaparecida desde sábado, família desespera por informações

Maria da Conceição Gomes da Silva, residente em Pevidém, Guimarães, desapareceu na manhã de sábado, 15 de junho. Foi vista pela última vez a entrar num autocarro na localidade, sem se saber o destino.

Uma familiar divulgou um apelo nas redes sociais pedindo informações sobre o paradeiro de Maria da Conceição. O desaparecimento já foi comunicado às autoridades.

Quem tiver qualquer informação deve contactar imediatamente a PSP ou GNR.

Famalicão: Vítor Paneira continua no Varzim

O treinador famalicense vai continuar ao serviço do Varzim SC. Vítor Paneira, de 58 anos, prolongou o vínculo com o emblema poveiro e vai para a terceira temporada consecutiva.

Na época que terminou recentemente, Paneira comandou o Varzim à fase de apuramento de campeão da Liga 3, não conseguindo a subida de divisão, o objetivo da época.

O anúncio do prolongamento do contrato foi feito, esta sexta-feira, pelo clube poveiro.

Famalicão: Joane joga a supertaça a 18 de agosto

O GD Joane joga a supertaça da AF Braga a 18 de agosto. Este é o primeiro jogo oficial do calendário da Associação de Futebol de Braga, que foi divulgado esta quinta-feira. A partida coloca frente a frente o campeão da pró nacional, a equipa joanense, e o vencedor da Taça, o Vieira.

O calendário da época 2024/2025 começa a 25 de agosto, com a primeira jornada da pró nacional, enquanto que a divisão de honra começa a 8 de setembro e a 1.ª divisão em outubro, no fim de semana de 5 e 6.

A primeira eliminatória da taça joga-se a 29 de setembro e a final joga-se, como sempre, no feriado de 10 de junho.

Famalicão: Debate sobre a importância de brincar como atividade essencial para o desenvolvimento das crianças

A próxima conferência do ciclo das Conferências em Educação é sobre “(Re)Pensar a Educação, Direito a ser Criança”, com a participação de Luís Ribeiro, presidente da Associação dos Profissionais de Educação de Infância e de Américo Poças, docente. Está marcada para o dia 20 de junho, às 21 horas, no auditório da CESPU.

O debate vai abordar a importância do brincar como atividade essencial para o desenvolvimento das crianças; e promover a reflexão sobre a importância de repensar a educação, colocando a criança no centro do processo.

A iniciativa tem a colaboração da Associação dos Profissionais de Educação de Infância, que tem contribuído para a discussão com alguns trabalhos publicados sobre a temática.

As Conferências em Educação são uma iniciativa promovida em parceria entre o Município, a FECAPAF- Federação Concelhia das Associações de Pais de Famalicão, a CESPU – Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário e o Centro de Formação da Associação de Escolas de Vila Nova de Famalicão.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em www.famalicaoeducativo.pt

Foto arquivo