Ucrânia junta-se a Portugal e Espanha na candidatura ao Mundial2030

“A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) incorporaram a Ucrânia na candidatura para o Mundial2030. As duas federações comunicaram a sua intenção à UEFA, que imediatamente expressou o seu total apoio”, frisaram os organismos liderados por Fernando Gomes e Luis Rubiales, em comunicado.

Em pleno conflito militar com a Rússia, a Ucrânia vem redimensionar a única candidatura europeia para a organização da principal competição mundial de seleções em 2030, cujo protocolo de colaboração entre FPF e RFEF já tinha sido assinado em outubro de 2020.

A proposta foi apresentada em junho de 2021 e recebeu o apoio da UEFA, enfrentando a concorrência, pelo menos, de um projeto sul-americano (Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai), um africano (Marrocos) e um intercontinental (Arábia Saudita, Egito e Grécia).

“A comissão coordenadora do Mundial2030, liderada por António Laranjo, vai passar a incluir representantes da delegação ucraniana. A candidatura de Portugal, Espanha e Ucrânia cumprirá os prazos previstos para a apresentação do seu caderno de encargos à FIFA. Acreditamos que a família do futebol mundial irá apoiar esta iniciativa”, concluíram.

O Qatar acolherá a 22.ª edição do campeonato do mundo este ano, de 20 de novembro a 18 de dezembro, seguindo-se uma inédita coorganização entre três países (Canadá, Estados Unidos e México), em 2026, e a celebração do centenário da prova, em 2030.

A escolha dos países organizadores do Mundial2030 está prevista para o 74.º congresso da FIFA, em 2024, após Portugal ter recebido o Euro2004 e a Espanha o Euro1964 e o Mundial1982, ao passo que a Ucrânia albergou o Euro2012, em conjunto com a Polónia.

A ofensiva militar lançada a 24 de fevereiro pela Rússia na Ucrânia já causou a fuga de mais de 13 milhões de pessoas – mais de seis milhões de deslocados internos e mais de 7,4 milhões para os países europeus -, de acordo com a ONU, que encara esta crise de refugiados como a pior em plena Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Justificada pelo Presidente russo, Vladimir Putin, com a necessidade de “desnazificar” e desmilitarizar a Ucrânia para segurança da Rússia, a invasão daquela nação tem sido condenada pela generalidade da comunidade internacional, que responde com envio de armamento para a Ucrânia e a imposição à Rússia de sanções políticas e económicas.

A ONU apresentou como confirmados desde o início da guerra no leste europeu 5.996 civis mortos e 8.848 feridos, vincando que estes números estão muito aquém dos reais.

O principal campeonato de futebol está a decorrer desde agosto dentro das fronteiras ucranianas, mas com partidas à porta fechada e na proximidade de abrigos contra os bombardeamentos, enquanto a seleção nacional joga como visitada na ‘vizinha’ Polónia.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ASAE apreende 35.295 euros em operação de combate ao jogo ilícito

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu 32.295 euros e instaurou dois processos-crime por exploração de jogos não autorizados, no âmbito de duas operações realizadas no concelho de Murtosa e Vale da Cambra.

“A ASAE realizou, através da Unidade Regional do Centro, duas operações de fiscalização no âmbito do combate ao jogo ilícito, direcionadas a dois estabelecimentos de bebidas localizados no concelho de Murtosa e Vale da Cambra”, indicou, em comunicado.

Nestas operações, foram instaurados dois processos-crime por exploração de jogos sem autorização e apreendidas nove máquinas de jogos, equipamento informáticos e dinheiro.

O valor total das apreensões nos dois estabelecimentos ascendeu a 35.295 euros.

Num dos locais, a ASAE desmantelou ainda um casino ilegal, no qual foram detetadas máquinas de jogo, nomeadamente, “em cima do balcão de clientes, no acesso às casas de banho e em sala localizada junto ao armazém”.

A ASAE garantiu que vai continuar a desenvolver, em todo o território, operações contra “o flagelo do jogo ilícito e seus crimes conexos […], tentando minorar os problemas sociais daí decorrentes”.

Exército paga funeral da militar que morreu arrastada pelo mar na Póvoa de Varzim

Realiza-se este fim de semana o funeral da jovem militar que faleceu, na Póvoa de Varzim, arrastada por uma onda, enquanto tentava ajudar duas colegas que se encontravam em apuros, na madrugada do passado dia 25 de novembro.

Sabe-se agora que o exército vai assumir todos os custos das cerimónias fúnebres.

O funeral, no Cemitério da Amadora, vai contar com honras militares.

Poupanças: Portugal é o quinto país da União Europeia onde as famílias menos poupam

A população portuguesa é das que menos poupa na União Europeia. Esta é a conclusão dos dados divulgados pela Eurostat, onde dão conta que em 2021 as famílias portuguesas apenas conseguiram poupar 9,8% dos seus rendimentos.

Dentro da União Europeia a Irlanda é o país onde as famílias mais conseguem poupar (cerca de 24% dos seus rendimentos).

Hoje há um grande simulacro em Famalicão

Os Bombeiros Voluntários Famalicenses realizam, este sábado, um simulacro de grande escala no centro de Vila Nova de Famalicão.

O exercício vai desenrolar-se a partir das 15h00, no Edifício a Câmara Municipal de Famalicão.

Este simulacro está inserido nas comemorações dos 95 anos dos “guitas”.

Famalicão perde com o Torreense para a Taça da Liga ( 1 – 0 )

O Futebol Clube de Famalicão sofreu a primeira derrota na Taça de Liga, em casa do Torreense, na noite desta sexta-feira.

O único golo do encontro surgiu nos primeiros minutos da segunda parte, por intermédio de João Vieira.

O próximo desafio do Futebol Clube de Famalicão, que se encontra no Grupo H desta competição, está marcado para sexta-feira, dia 9 de dezembro, às 20h45, diante do C.D.Tondela.

Famalicão: Morreu homem de 42 anos envolvido em acidente na freguesia de Oliveira S.Mateus

Não resistiu aos ferimentos e morreu, ao final da tarde desta sexta-feira, o homem envolvido num despiste automóvel, na freguesia de Oliveira S.Mateus, Famalicão.

O acidente aconteceu cerca das 18h00, em plena EN310.

A vítima, de 42 anos, foi socorrida pelos Bombeiros Voluntários de Riba d’Ave, apoiados pela VMER.