Vacinação em “Casa Aberta” disponível para maiores de 12 anos a partir de terça-feira

A partir de terça-feira, dia 24 de agosto, a modalidade “Casa Aberta” está disponível para jovens com mais de 12 anos de idade. Através desta serviço, as crianças podem ser vacinas com a primeira dose da vacina.

Para serem vacinados, os utentes não podem ter agendado a vacinação e não podem ter sido infetados com a Covid-19 nos últimos seis meses. Consequentemente, devem tirar uma senha no portal da Senha Digital, no dia em que querem ser vacinados. Cada jovem tem de se dirigir ao centro de vacinação do local onde está inscrito o seu Centro de Saúde, sendo que normalmente esses centro de vacinação encontra-se na zona em que residem.

 

Famalicão: Iniciativa Liberal lança concurso “Jovem Liberal” para jovens

O Núcleo Territorial de Famalicão da Iniciativa Liberal lançou um concurso para os jovens que residem e/ou estudem em Famalicão. O “Jovem Liberal” visa estimular o interesse dos jovens pela política e pelas ideias liberais, «acicatando a curiosidade dos mais novos e para que reflitam criticamente sobre ideias e propostas políticas». O concurso implica a pesquisa e redação de um artigo sobre o Liberalismo e as suas muitas vertentes ideológicas e políticas.

Podem participar jovens estudantes, com menos 25 de anos, que estudem ou residam em Vila Nova de Famalicão, em dois escalões: secundário, para os alunos de ensino secundário; e universitário, para os alunos que já frequentem o ensino superior.

Para participar, basta consultar as redes sociais do Núcleo de Famalicão da Iniciativa Liberal, onde está o regulamento e as condições de inscrição. Os vencedores dos dois escalões recebem como prémio uma visita à Assembleia da República, com a companhia de Rui Rocha, deputado Liberal eleito pelo Distrito de Braga.

 

Famalicão: João Pedro Afonso com boa prestação no Europeu de Jovens

O Campeonato Europeu de Jovens Sub-08 a Sub-18 2022 decorreu em Antalya, na Turquia, de 6 a 14 de novembro. O xadrez nacional esteve presente com 16 jovens jogadores, um dos quais, João Pedro Afonso, escalão Sub-16, do Clube de Xadrez Associação Académica Didáxis. Neste escalão, com a participação de 103 atletas provenientes de 40 países, João Pedro Afonso (número 88 do torneio, com elo 1734) somou 3,5 pontos, logrando uma performance de elo 2026 e um ganho de 102 pontos elo. O jovem atleta famalicense chegou a causar sensação até à 7.ª sessão, sempre posicionado na primeira metade da tabela classificativa, mas não foi feliz nas duas últimas sessões e terminou no 80.º lugar.

Este torneio é o maior evento xadrezístico jovem realizado na Europa, reunindo mais de 1000 jovens jogadores (mais de 600 masculinos e mais de 400 femininos).

O Clube de Xadrez A2D agradece à Associação Académica da Didáxis, Cooperativa de Ensino Didáxis e à Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, pelo patrocínio a este atleta famalicense, bem como, ao apoio prestado pelo encarregado de educação e à Federação Portuguesa de Xadrez.

 

 

Greves na educação, saúde, transportes e recolha de lixo

Estão marcadas, para os próximos dias, greves em vários setores, que ameaçam parar o país.

Na educação, há greve dos professores marcada pela Fenprof. Dependendo da adesão, esta greve pode afetar também os pais com filhos menores.

A saúde será também afetada, mas não apenas esta sexta-feira. Os enfermeiros iniciaram esta quinta-feira uma greve de três dias, que se prolongará também a 22 e 23 de novembro. O anúncio foi feito depois de uma reunião negocial com o Ministério da Saúde, em causa a progressão na carreira. Quem reivindica também “falta de resposta” por parte do governo devido à questão das “horas extraordinárias” são os técnicos de diagnóstico e terapêutica, por isso anunciaram também a realização de concentrações e uma greve para esta sexta-feira.

No que diz respeito aos transportes, os trabalhadores da Metro Transportes do Sul (MTS) iniciaram na quarta-feira uma greve que se prolongará até sábado. Exigem a abertura de negociações, aumentos salariais e progressão na carreira.

A recolha de lixo é também um setor afetado, mas mais na Área Metropolitana do Lisboa.

 

Crédito Agrícola vai fazer pagamento extraordinário de 500 euros aos colaboradores

A Caixa Central de Crédito Agrícola vai atribuir um pagamento pontual de 500 euros a todos os seus colaboradores, para fazer face ao contexto económico.

Para acompanhar esta medida extraordinária, a Caixa Central emitiu orientações às Caixas de Crédito Agrícola e Empresas do Grupo permitindo que estas, de acordo com as suas condições financeiras, possam atribuir um prémio entre os 250 e os 750 euros.

Paulo Barreto, Diretor de Recursos Humanos do Grupo Crédito Agrícola, afirma que «esta é mais uma medida que visa o comprometimento do Banco com os seus colaboradores e um apoio extraordinário para atenuar os efeitos da subida da inflação e alguma perda do poder de compra. Este apoio extraordinário que o Crédito Agrícola vai atribuir é de extrema importância porque visa impactar positivamente a vida dos nossos colaboradores e reforça a retenção e fixação de talento no Banco».

Além desta medida, o Crédito Agrícola tem em vigor o modelo de teletrabalho que acredita ter impacto no bem-estar pessoal e profissional dos trabalhadores, mas também com a sustentabilidade nas vertentes ambiental e social, devido à poupança nas deslocações. Com um modelo na Caixa Central de três dias presenciais e dois dias em teletrabalho, os colaboradores ainda têm a possibilidade de num prazo de duas semanas terem quatro dias consecutivos em teletrabalho.

O Grupo Crédito Agrícola é um grupo financeiro de génese cooperativa. Com capitais exclusivamente nacionais, conta com mais de 430 mil associados, mais de 1 milhão e 900 mil clientes e mais de 600 agências, distribuídas pelo território nacional.

A Caixa de Crédito Agrícola foi o primeiro banco a disponibilizar o contactless em Portugal, a oferecer o primeiro cartão de pagamento com chip e o primeiro cartão vertical, tendo sido pioneiro na disponibilização de pagamentos com Apple Pay aos seus clientes.

 

Famalicão: Fértil Cultural cria peça inspirada em projeto da Gerações

A Fértil Cultural estreou, no passado dia 8 de outubro, no Teatro Narciso Ferreira, em Riba d`Ave, a peça o “Cordão”, com direção e textos de Neusa Fangueiro e Regina Guimarães e inspiração num projeto da Gerações.

A peça de teatro “Cordão” tem origem num projeto desenvolvido pela educadora de infância da Gerações, Vânia Pereira, que, no ano de 2020, desenvolveu com as suas crianças, a temática da maternidade e do nascimento. É também de notar que o Romeu, filho da Neusa Fangueiro e do Rui Leitão (ator desta peça), na altura com três anos, é o autor do desenho que acompanha o cartaz da peça de teatro e que representa um bebé na barriga da mãe.

O “Cordão”, depois da estreia em Riba d`Ave, vai ser levado à cena na Casa das Artes, nos próximos dias 9 e 10 de novembro, às 10.30 e 14.30horas.

 

 

Greve nos CTT a 31 de outubro e 2 de novembro

Os CTT – Correios de Portugal informam que foi marcada uma greve geral, no dia 31 de outubro, segunda-feira, e 2 de novembro, quarta-feira, avançando a possibilitada de perturbações na normal distribuição de correio e encomendas.

Os CTT prepararam um plano de contingência para minimizar eventuais impactos, nomeadamente a mobilização de meios no sábado seguinte, quando tal se justifique para recuperar de eventuais atrasos.

Os CTT respeitam o direito à greve, mas «estranha e repudia» as datas escolhidas pelos sindicatos promotores, numa semana com um feriado – «como já se tornou habitual nas greves anteriores», consta de comunicado, acrescentando o «repúdio pelas razões para a sua realização»