Zé Amaro e Augusto Canário são cabeças de cartaz na Expotrofa

Augusto Canários & Amigos, Zé Amaro e a Banda Myllenium são os artistas que vão animar a edição deste ano da EXPOTROFA, que decorre entre os dias 6 e 10 de julho, na Alameda da Estação, bem no centro da cidade. Dois anos depois da última edição, o certame regressa com muitas atividades, bem como as habituais tasquinhas.

Da programação, realce para Augusto Canário que animará a noite de 6 de julho, a partir das 21h30, e no dia seguinte, 7 de julho, o palco será para a Banda Myllenium. A 8 de julho, o palco está reservado para a Orquestra Urbana da Trofa com o Tributo a António Variações e a participação especial de Paulo Praça. Dois dias depois, a 9 de julho, Zé Amaro sobe ao palco.

A edição deste ano encerra no dia 10 de julho, com um desfile de moda, com a participação do comércio local na área do vestuário e acessórios. As dificuldades provocadas pela pandemia levou a Câmara Municipal da Trofa a abrir, pela primeira vez, a iniciativa a todos os estabelecimentos comerciais do concelho.

Com entrada gratuita, a EXPOTROFA assume-se como um dos maiores certames do género da região Norte. O evento dá a conhecer as empresas da região, os artesãos locais e as associações do concelho. Tal como em edições anteriores, a oferta gastronómica está assegurada com as tasquinhas que mobilizam muitos trofenses e visitantes.

«É um regresso aguardado por todos nós. A EXPOTROFA tem a capacidade de mobilizar os trofenses e todos aqueles que se deslocam à Trofa para participar nesta mostra», salienta Sérgio Humberto, presidente da Câmara Municipal.

Zé Amaro, Augusto Canário e Banda Myllenium animam Expotrofa

Dois anos depois da última edição, a EXPOTROFA está de regresso com cinco dias de muitas atividades e com as habituais tasquinhas. Augusto Canário anima a noite desta quarta-feira, a partir das 21h30; na quinta-feira, o palco será para a Banda Myllenium e, no sábado, Zé Amaro dá concerto.

Com entrada gratuita, a Alameda da Estação recebe a EXPOTROFA que se assume como uma das maiores exposições da região Norte. O evento dá a conhecer as empresas da região, os artesãos locais e as associações do concelho. Tal como em edições anteriores, a oferta gastronómica está assegurada com as tasquinhas que mobilizam muitos trofenses e visitantes.

A edição deste ano encerra, no domingo, com um desfile de Moda, com a participação do comércio local na área do vestuário e acessórios, aberto a todos os estabelecimentos comerciais do concelho.

«Ao longo dos últimos 3 meses temos sentido a mobilização do nosso tecido associativo nas suas mais diversas atividades e muitos falam do regresso da EXPOTROFA. Sentimos que será um grande certame e mobilizará centenas de pessoas à Alameda da Estação. Da nossa parte tudo faremos para acolher e proporcionar momentos de convívio e lazer a todo os que nos visitarão», salienta Sérgio Humberto, presidente da Câmara Municipal da Trofa.

PROGRAMA

6 JULHO|QUARTA-FEIRA

19h00: Abertura Oficial; 19h15: Head Phone – Academia de Música da Trofa; 21h00: Escola Passos de Dança; 21h30: Augusto Canário

7 JULHO|QUINTA-FEIRA

20h00: A Rapaziada; 21h00: MTV4 Dance – Academia de Dança; 21h30: Banda MYLLENIUM

8 JULHO|SEXTA-FEIRS

20h00: Sons e Cantares do Ave; 21h00: Alva – Escola de Artes de Palco; 22h00: Orquestra Urbana da Trofa apresenta Variações com Paulo Praça

9 JULHO|SÁBADO

15h00: Rufos do Castro; 16h00: Charanga da Orquestra Ritmos Ligeiros; 17h00: Curinga; 20h00: Curinga; 21h00: Marcha da Trofa – Coreto D’Alameda; 22h00: Zé Amaro

10 JULHO|DOMINGO

15h00: Banda às Riscas; 17h00: Dupla Cantares ao Desafio: Domingos Soalheira e Liliana Oliveira, João Oliveira na Concertina; 19h00: Sons e Cantares D’Outrora; 21h00: Noite de Moda

HORÁRIOS: Quarta e quinta-feira, das 19 às 24 horas; sexta-feira, das 19 às 01 horas; sábado: 10 às 01 horas; domingo, 10 às 24 horas.

 

 

Famalicão lança programa de capacitação para empreendedores

Durante os meses de setembro e outubro vai decorrer, no concelho, o programa Makers, iniciativa de apoio ao empreendedorismo e a criação de novos negócios.

Esta iniciativa do Famalicão Made IN visa capacitar promotores com ideias de negócio nas áreas do empreendedorismo, financiamento e internacionalização, com base em ferramentas de trabalho de gestão empresarial, estratégica e de pessoas, bem como marketing e finanças.

As candidaturas estão abertas até ao dia 25 de julho e para inscrição, os candidatos a empreendedores devem preencher um formulário em www.famalicaomadein.pt

“Empreende Makers – De Makers a Empreendedores” pretende fomentar ideias de negócio através de metodologias Maker, com particular atenção sobre a oferta de soluções de capacitação ajustadas às necessidades das equipas/ideias, através de atividades que promovam o espírito inovador, com respostas a questões “Como tirar as ideias do papel?”, “Como posicionar o negócio?”, “Como captar, reter e crescer clientes?”, “Como promover e divulgar o negócio?”, “Como financiar o negócio?” ou “Como expandir o negócio para o Mundo?”.

Estas ações gratuitas são complementadas com sessões de mentoring e de networking com uma rede de especialistas e com a realização de workshops de Design Thinking e sobre o Business Model Canvas.

O projeto é co-financiado pelo programa INTERREG V-A Espanha-Portugal (POCTEP), da área de cooperação 1 – Galiza-Norte de Portugal, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Famalicão: Zé Amaro vai ao S. Pedro de Riba de Ave

Estão a decorrer,.em Riba de Ave, as festas a S. Pedro, festividades que contam com a presença do cantor Zé Amaro, com concerto agendado para a noite (22h30) deste sábado.

Esta quinta-feira, às 19 horas, decorre uma eucaristia solene, prosseguindo a festa na noite de sexta-feira, a partir das 21 horas, com as atuações da Academia OAMIS, das Marchas Populares a São Pedro e dos Los Bandidos.

No sábado, às 10 horas, decorre o quinto encontro de clássicos e, à tarde, pelas 14h30, atuam os Bombos Didáxis. A noite está, então, reservada para a música. Primeiro, às 21 horas, com Liliana Oliveira & Coração Minhoto, até à entrada em palco, às 22h30, de Zé Amaro.

No último dia, às 11h15, decorre uma eucaristia solene; às 16h30, entrada a Fanfarra dos BV Riba de Ave; 17 horas, procissão solene; 18h30, concerto da Banda de Música de Riba de Ave; 21 horas, atuação dos ranchos Divino Salvador de Delães, Oliveira Santa Maria e ACR Conde. Uma sessão de fogo de artifício encerra a festa.

Famalicão: Riopele dá mais um passo no processo de digitalização

A apostar na digitalização há já alguns anos, a Riopele lançou esta quarta-feira a primeira coleção no metaverso, à semelhança do que já fazem marcas como a Zara. A digitalização torna possível verificar as funcionalidades e efeito visual dos tecidos «em peças digitais com elevado realismo», refere ao ECO Rui Oliveira, diretor de sistemas de informação da empresa.

Este responsável refere que a digitalização permite maior rapidez no desenvolvimento das coleções e melhorar a relação custo-eficiência com a oferta de coleções adequadas a cada cliente, entre outras vantagens, acrescenta Rui Oliveira.

A Riopele, que está presente na QSP Summit, é uma grande empresa famalicense do setor têxtil, fundada em 1927, com centenas de trabalhadores e uma exportação de 95%.

Foi há uma década que o grupo minhoto liderado por José Alexandre Oliveira criou a plataforma Riopele Digital para integrar todo o processo produtivo, do fio ao vestuário, abrangendo também os departamentos financeiro, de recursos humanos e comercial. Citado em comunicado, o gestor de tecnologias resume que neste projeto tem «levado à prática os conceitos de Indústria 4.0, prototipagem digital, business intelligence, machine learning e inteligência artificial», refere no ECO.

Câmara da Trofa organiza visita guiada ao património religioso do Coronado

O Município da Trofa organizada, a 3 de julho, entre as 9 e as 12h30, mais uma visita ao Património Religioso do Coronado, sob a orientação do especialista em história da arte, José Manuel Tedim, filho, neto e sobrinho de Santeiros.

Os interessados devem inscrever-se até esta quinta-feira, pelo e-mail: patrimoniocultural@mun-trofa.pt ou pelo telefone 252 409 290.

Esta caminhada começa no Largo do Divino Espírito Santo e terá um percurso de cerca de 3,6km com passagens pela Igreja de São Mamede do Coronado, seguido de visita à Capela de Santa Eulália, passando pela Igreja de São Romão do Coronado e terminando na Capela do Divino Espírito Santo.

A Freguesia de São Mamede do Coronado e a história do território trofense é marcada por oficinas de produção de arte sacra onde os santeiros esculpem e pintam imagens religiosas. Esta visita pretende divulgar o património cultural, material e imaterial, associado ao saber-fazer dos Santeiros do Vale do Coronado, dando ao conhecer os artistas, técnicas e histórias de vida associadas ao ofício, projetado internacionalmente por José Ferreira Thedim, autor da imagem de Nossa Senhora de Fátima da Capelinha das Aparições, do Santuário de Fátima, criada em 1920.

De recordar que esta arte sacra foi reconhecida como uma das 7 Maravilhas da Cultura Popular Portuguesa e está em curso o processo para iniciar o dossier de candidatura deste ofício a Património Imaterial da Humanidade.

 

 

Viagens Porto – Vigo no comboio Celta a 5,25 euros

A partir de 1 de julho e até 30 de setembro deste ano, pode viajar no comboio Celta, para viagens Porto-Vigo, por apenas 5,25 euros.

Esta campanha da CP e da RENFE, decorre do sucesso das anteriores ações promocionais, particularmente a realizada entre março e maio de 2022, que permitiu registar, segundo a CP, um crescimento de procura da ordem dos 40%, face ao período homologo de 2019.

O comboio Celta liga o Porto à Galiza, com partidas diárias das cidades de Porto – Campanhã e de Vigo e paragens em Nine, Viana do Castelo e Valença.

A CP recomenda a consulta de informações mais detalhadas em cp.pt ou através da Linha de Atendimento – 808 109 110 (custo de uma chamada para a rede fixa nacional).