Da tribuna dos silêncios…

Da tribuna dos silêncios, onde chegam os rumores das conversas mais frequentes do quotidiano, registo sobretudo as que dominam a atenção da maioria dos famalicenses.

Não viciarei este resumo se afirmar que a preparação do próximo ano escolar, as férias, o dinamismo sempre crescente do nosso concelho e a quase ausência de bulício sobre a peleja eleitoral que se aproxima são os murmúrios que ultimamente mais chegaram a esta tribuna.

Quanto ao ano letivo a ter início em setembro, há muitas preocupações no ar. Neste rol encontram-se inquietações provocadas pelo deslocamento compulsivo de alunos de algumas escolas e pela superlotação de outras. De facto, quer a arbitrária legislação que impõem o acesso condicional ao primeiro ano do 1º. Ciclo das crianças nascidas após o dia 15 de setembro, quer o encerramento coercivo de muitas turmas nas instituições de ensino com contrato de associação levaram a que as escolas públicas mais procuradas se encontrem nos limites da capacidade, com as consequências que facilmente se podem adivinhar.

Em relação às férias, nesta particular altura do ano, é absolutamente natural que a maioria dos famalicenses, depois de um ano de trabalho e de canseiras, se preocupe essencialmente em gozar alguns dias de lazer e de descanso.

No que diz respeito à vitalidade permanente de Vila Nova de Famalicão, as manifestações de apreço, de satisfação e até de orgulho são frequentemente expressas, não só nos diálogos mais banais, mas também nas discussões mais acesas das tertúlias informalmente constituídas um pouco por todo o lado. Os sucessos dos múltiplos projetos de cariz industrial, social e cultural são disso um bom exemplo.

Terra de gente laboriosa e com um tecido empresarial de fazer cobiça a muitas outras de maior dimensão, Vila Nova de Famalicão é sem sombra de dúvida um município de pessoas maioritariamente felizes.

Esta felicidade poderá explicar em boa parte a falta da vulgar pugna eleitoral em vésperas de sufrágio autárquico. Na realidade, a pouco menos de dois meses destas importantes eleições, o ambiente que se respira é de tranquila serenidade. Os famalicenses, independentemente do valor relativo dos diferentes candidatos que se apresentaram para disputar o poder, parecem não ter quaisquer dúvidas na escolha que vão fazer no próximo dia 1 de outubro.

Não posso terminar sem me referir à preocupação social das empresas sediadas no nosso concelho. Algumas delas já perceberam há muito tempo que o êxito não se consegue apenas na obtenção de lucros a curto prazo, mas através de uma postura virada para o mercado, coerente, e socialmente responsável, quer na sua vertente interna, quer na dimensão externa. Na primeira, dando especial atenção à gestão dos recursos humanos, ao bem-estar, à saúde e à segurança no trabalho dos seus colaboradores; na segunda, respeitando o meio ambiente, valorizando a relação com clientes, fornecedores e interagindo com as comunidades locais.

A oferta de um aparelho de Raio X portátil para o Serviço de Pediatria/Neonatologia do Centro Hospital do Médio Ave, já publicitada por diversos órgãos de comunicação, concretizada na última semana pelo grupo Continental, é o paradigma perfeito desta atitude. Não sendo inédita, dádivas como esta são valiosos contributos para colmatar lacunas que com os recursos disponíveis não são possíveis de satisfazer em tempo útil e onde as empresas podem ter um papel complementar, socialmente muito relevante.

Com a replicação desta boa notícia, faço votos para que mais empresas venham a reproduzir o gesto da Continental e termino desejando aos estimados leitores umas férias retemperadoras e muito felizes.

M. Gonçalves de Oliveira

Famalicão: Paróquia de Arnoso Santa Maria acolhe concerto de Homenagem a Nossa Senhora

Sábado, dia 28 de maio, às 21h15, na paróquia de Arnoso Santa Maria, realiza-se um concerto de homenagem musical a Nossa Senhora, a quem é especialmente dedicado o mês de maio.

Este momento musical está a cargo dos Arautos do Evangelho, podendo também ser acompanhado a partir da transmissão online dos Arautos do Evangelho.

Deste modo, fica o convite da paróquia de Arnoso Santa Maria para um serão de sábado diferente, onde a música faz homenagem a Nossa Senhora.

 

FC Famalicão: Penetra entra mais tarde de férias

O defesa central Alexandre Penetra só iniciará o período de férias a 12 de junho, findos os três jogos que a Seleção de sub-21 tem para disputar nos próximos dias no próximo mês de junho.

O jogador e capitão do FC Famalicão, habitual titular, é uma das escolhas do selecionador Rui Jorge para os jogos com a Bielorrússia (em Yerevan, na Arménia, a 4 de junho), Liechtenstein (Vaduz, dia 7) e Grécia (Barcelos, dia 11).

David Carreira atua na final da Taça de Portugal

A Federação Portuguesa de Futebol anunciou que David Carreira e Nenny vão atuar ao vivo na cerimónia de abertura (17 horas) da grande final da prova rainha.

Ao intervalo, um grupo de crianças, da academia Dance4Kids, continuará a animar os presentes no Jamor, com um espetáculo de dança.

A final disputa-se entre as equipas femininas do Sporting e Famalicão, partida agendada para as 17h15, do próximo sábado, no Estádio Nacional do Jamor.

FC Famalicão quer “o melhor jogador da Liga 3”

O presidente da SAD do Famalicão assume claro interesse em Théo Fonseca, avançado de 21 anos que se destacou ao serviço do Felgueiras.

Em entrevista ao Canal 11, na noite desta terça-feira, Miguel Ribeiro considerou que o jovem jogador é “um dos melhores da Liga 3, para mim o melhor. Ainda não assinou, mas está encaminhado. Mas se ele não vier é porque não quer vir. Da nossa parte está completamente assumido».

Théo Fonseca terminou a época com 15 golos em 28 jogos pelo Felgueiras

Famalicão: Festival de Vídeo Ecológico recebeu 300 candidaturas

Depois de dois anos sem realizar a grande gala em formato presencial, o Bgreen – Ecological Film Festival (festival de vídeo ecológico) regressa a Famalicão a gala internacional, marcada para o dia 9 de junho, pelas 21h30, no anfiteatro ao ar livre do Parque da Devesa, onde serão entregues os prémios e exibidos os vídeos vencedores.

Nesta 11.ª edição do festival, que incide sobre a mobilização dos jovens para as causas ambientais, foram recebidas perto de 300 candidaturas provenientes de escolas de todo o mundo. A lista de finalistas é composta por cerca de 30 vídeos oriundos de Portugal, Espanha, Noruega, Colômbia e Chile. Além de outros premiados, o vencedor tem direito a uma viagem Eco-Aventura aos Açores.

Na apresentação oficial do evento, esta terça-feira, dia 24 de maio, nas instalações da OFICINA – Escola Profissional do INA, estiveram presentes o vereador da Educação e Ciência do município de Famalicão, Augusto Lima, acompanhado pelo diretor pedagógico da OFICINA, Miguel Sá Carneiro.

O responsável pela pasta da educação na Câmara de Famalicão realça que «este festival envolve três fatores importantes: a sustentabilidade e os desafios que envolve, (…) a internacionalização, algo que nos toca bastante como concelho aberto ao mundo (…) e a componente tecnológica e audiovisual, que condiz com as práticas atuais dos nossos jovens».

O diretor pedagógico da OFICINA disse que «mais que um festival de vídeo, o Bgreen é fundamentalmente um projeto educativo que aprofunda a dimensão humana em torno da sustentabilidade e da lógica ecológica (…) procurando desenvolver esta sensibilidade nas camadas mais jovens de estudantes», exprime Miguel Sá Carneiro.

Refira-se que o Bgreen – Ecological Film Festival é um festival de vídeo dedicado a temas ligados à causa ambiental e à ecologia, destinado a estudantes com idades compreendidas entre os 13 e os 21 anos. É promovido e organizado pela OFICINA – Escola Profissional do INA desde 2011 e conta com o apoio, entre outras entidades, da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

 

Famalicão: Antoninas também são a festa do desporto

A Festa de Santo António também é sinónimo de desporto, com quase uma dezena de eventos, de diferentes modalidades. Um deles é o Grande Prémio de Atletismo Bernardino Machado, uma das provas populares mais acarinhadas pelos famalicenses, com partida e chegada na Rua Padre Benjamim Salgado, junto às escolas.

A prova, organizada pelo município em colaboração com a Associação de Atletismo de Braga, realiza-se na manhã do dia 12 de junho (10h00), e divide-se em dois segmentos: uma corrida de 10 quilómetros e uma caminhada de seis.

As inscrições já decorrem online em www.famalicaodesportivo.pt e www.aabraga.pt e são gratuitas até ao dia 9 de junho. Podem também ser efetuadas presencialmente até ao dia 8, nas piscinas municipais, na Casa da Cultura e no Gabinete do Famalicão em Forma. Às inscrições de última hora é aplicada uma taxa de 5 euros.

Poderão participar na prova atletas em representação de clubes, coletividades, organizações populares, empresas e individuais, federados ou não federados, no escalão de Juniores, Seniores e Veteranos (masculinos e femininos).

No final, serão entregues prémios de presença a todos os participantes, troféus para os três melhores classificados de cada escalão e género e ainda prémios por equipas às três primeiras equipas da geral.

Mas há mais desporto nas Antoninas para além do Grande Prémio de Atletismo. Este ano, contam-se perto de uma dezena de provas, entre elas, a Primavera Desportiva 2022 e a 7.ª Descida Mais Louca de Famalicão, no dia 10 de junho, o 29.º Raid Antoninas e a Taça de Portugal de Alex Ryu Jitsu, no dia 11, a Prova Columbófila das Antoninas, no dia 12, e as Antoninas Cup na Academia do Futebol Clube de Famalicão, no feriado de 13 de junho.

Programa completo das Festas Antoninas de Famalicão em www.famalicao.pt.