F.C.Famalicão quer mais sócios na formação

Não falta muito para que os 350 jogadores, de 17 equipas que disputam diferentes campeonatos, passem para o Centro de Formação de FC de Famalicão que está em fase avançada de construção. A mudança obriga a uma reestruturação e ao recrutamento de novos diretores para todas as equipas de formação.

O trabalho até agora desenvolvido é, como afirma Mário Almeida, vice-presidente do clube e responsável pelo futebol de formação, o somatório do esforço de muita gente, «mas precisamos de mais». Mário Almeida diz que o clube está a identificar as necessidades de recrutamento de novos diretores, num registo de voluntariado. O papel do director de equipa, de acompanhamento dos treinos, dos jogadores e de ligação entre o clube e os pais, assim como de preparação e acompanhamento dos jogos é um trabalho exigente. «Estamos à procura de pessoas capazes de transmitirem os valores do clube, identificadas com o Famalicão e que tenham esta vontade e disponibilidade de servir». Mário Almeida reconhece que não é fácil fazer este recrutamento e, por isso, «deixamos um alerta aos sócios para que colaborem connosco e possam juntar-se a este processo de crescimento. Estamos de portas abertas; queremos que se juntem a nós».

Esta necessidade imediata, acrescenta o vice-presidente para a formação, tem por objetivo envolver os novos diretores no compromisso do clube «que queremos presente desde o primeiro dia no novo Centro de Formação». Aqueles que queiram integrar este projeto podem manifestar essa vontade junto de departamento de formação ou através do email nunomoreira@fcfamalicao.pt .

Equipa Feminina do Famalicão já exibe troféu fair play

Na penúltima jornada da Liga BPI, fase de apuramento de campeão, a equipa feminina do Famalicão empatou, 2-2, na Academia, com o bicampeão Benfica.

Nesta partida, realizada na tarde deste domingo, a Federação Portuguesa de Futebol entregou alguns dos prémios referentes a esta competição.

Carole Costa (SL Benfica) recebeu o prémio de melhor jogadora da competição, enquanto Regina Pereira (FC Famalicão) recebeu, em nome de todo o grupo, o prémio “Fair Play”.

 

 

Famalicão: Iván Jaime interessa ao FC Porto

Segundo avança o jornal A Bola, o campeão nacional FC Porto está interessado em Iván Jaime, médio ofensivo do FC Famalicão.

O atleta, de 21 anos, está afastado dos relvados a recuperar de uma lesão no joelho direito, tendo sido submetido a intervenção cirúrgica, mas as suas prestações nos jogos que realizou suscitaram o interesse dos responsáveis portistas.

 

 

FC Famalicão x SC Braga com arbitragem de Manuel Mota

O árbitro da Associação de Futebol de Braga, Manuel Mota, é o escolhido para arbitrar o último jogo da temporada 2021/2022 da Primeira Liga, entre o FC Famalicão e o SC Braga, na tarde de domingo, às 18 horas.

Jorge Fernandes e Nuno Eiras são os assistentes, e Iancu Vasilica o quarto árbitro.

Rui Oliveira e André Dias são os responsáveis pelo VAR/AVAR.

 

Equipa feminina do FC Famalicão vence prémio fair-play da Liga BPI

A Federação Portuguesa de Futebol anunciou, esta quinta-feira, os Prémios da Liga BPI, referentes à temporada que está prestes a terminar. As distinções serão entregues este domingo, no decurso da 13.ª e penúltima jornada da fase de apuramento de campeão nacional e a equipa do Famalicão vai receber o Prémio Fair-Play.

Após uma avaliação, que envolveu critérios quantitativos – numa primeira fase -, e uma classificação em função do mérito absoluto [talento individual e influência na dinâmica da equipa] e relativo [comparação com as demais finalistas], o júri anunciou, por unanimidade, os vencedores dos vários prémios: melhor jogadora – Carole Costa (SL Benfica); revelação – Andreia Jacinto (Sporting CP); melhor guarda-redes – Patrícia Morais (SC Braga).

Na categoria de ‘Fair-Play’, foram avaliadas equipas do ponto de vista da disciplina e da atitude, dentro e fora das quatros linhas. A atribuição deste prémio visa realçar o comportamento correto em relação a adversários e agentes desportivos, bem como o conhecimento das leis do jogo. Visa, também, distinguir iniciativas de promoção da ética desportiva e do desportivismo. Considerando todos os critérios, o prémio será entregue à equipa do FC Famalicão que na tarde deste domingo, às 15 horas, recebe o já campeão nacional Benfica.

 

Sócios do Famalicão têm entrada gratuita e bilhete de acompanhante no último jogo da época

O Futebol Clube de Famalicão já tem à venda os bilhetes para o jogo contra o Sporting Clube de Braga, referente à 34.ª e última jornada da Liga Portugal Bwin, agendado para as 18 horas de domingo, no Estádio Municipal de Famalicão.

Os sócios com as quotas regularizadas têm bilhete gratuito e, ainda, direito a um bilhete de acompanhante para a Bancada Placard.pt, com a condição de o bilhete de acompanhante estar condicionado ao número de lugares disponíveis.

Os detentores de lugares anuais também poderão levantar igualmente um bilhete de acompanhante (condicionado ao número de lugares disponíveis)

O levantamento dos bilhetes deve ser feito na Loja Oficial, nas bilheteiras do Estádio Municipal (no dia do jogo) ou através da bilheteira online (https://bit.ly/37w4aMQ). Nesta última opção, apenas estão disponíveis bilhetes para sócios do Futebol Clube de Famalicão.

FC Famalicão acaba de vencer no Jamor

Na noite desta segunda-feira, na conclusão da jornada 33, o FC Famalicão foi vencer, 3-2, ao Jamor. O final da partida com o Belenenses SAD foi muito emotiva, mas o resultado faz prova da melhor equipa em campo, embora na primeira parte não tenha estado bem.

Um autogolo de Alex Nascimento, instantes antes do apito para o intervalo, quando tentava impedir que um cruzamento chegasse a um contrário, valeu ao Belenenses SAD, a vantagem ao intervalo sobre o FC Famalicão.

Para a segunda parte, a equipa de Rui Pedro Silva trouxe mais velocidade, mas teimava em falhar na definição dos lances nas proximidades da baliza contrária, mas aos 57 minutos, Cádiz trabalhou bem na esquerda do ataque e, depois de ultrapassar dois contrários, atirou ao poste. Mais tarde, é Heriberto a aparecer ao segundo poste, mas a rematar por cima após cruzamento de Cádiz.

O Famalicão já jogava, praticamente, no meio campo contrário e ameaçava o empate, como aconteceu aos 64 minutos: Cádiz amortece para Marín que conclui com um remate perigoso que encontra pelo caminho as costas de Carraça. As ameaças eram já várias até que, aos 67 minutos, numa boa jogada coletiva pela esquerda a bola é tocada para Marín (na foto) que não perdoou e igualou o jogo.

O Belenenses SAD tentou, a partir deste momento, nova reação no jogo e teve um assomo perigoso junto da baliza de Júnior. A resposta do Famalicão foi pronta e, agora, na conclusão de uma jogada pela direita, Bruno Rodrigues, que acabara de entrar no jogo fez golo na primeira vez que tocou na bola, decorria o minuto 76.

Estava operada a reviravolta no marcador, construída – após bonito passe de Pêpê – por dois jogadores que acabavam de entrar no jogo: assistência de Banza e finalização de Bruno Rodrigues. Já perto do final do encontro, Heri disparou colocado… mas o terceiro golo voou sobre a barra contrária.

A equipa famalicense tinha o jogo seguro mas, já nos descontos, a B-SAD logrou empatar, por Baraye. A resposta foi pronta e, aos 90+5, Pêpê (o melhor em campo) fez o terceiro para o Famalicão e repôs justiça no marcador. E o apito final não chegou sem mais um susto, com o Belenenses SAD a festejar o empate, mas o lance foi invalidado por claro fora de jogo.

O FC Famalicão, que joga o último jogo do campeonato no próximo domingo, às 18 horas, na receção ao Braga, subiu ao décimo segundo lugar, com 36 pontos.

Já o Belenenses SAD, último com 25 pontos, deixa para a última jornada a decisão do seu futuro na primeira liga de futebol.