Aumento recorde: gasolina sobe 12 cêntimos e gasóleo 18 cêntimos

A Renascença, que cita fontes do setor, avança que o preço dos combustíveis deverá sofrer um novo aumento máximo na próxima segunda-feira, com o litro da gasolina a subir na ordem dos 12 cêntimos e o do gasóleo 18 cêntimos.

Este é um dos reflexos da guerra na Ucrânia, mas o presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva, defendeu esta terça-feira, uma descida extraordinária de impostos sobre os combustíveis, designadamente o ISP.

Recorde-se que para atenuar o aumento do preço dos combustíveis, o Governo anunciou, no final da passada semana, que o reembolso através de Autovaucher passava de cinco para 20 euros.

Famalicão: Centro de Competências para o setor das carnes tem as infraestruturas completas

Em setembro fica concluído o projeto de infraestruturas do Tecmeat – Centro de Competências do Agro-Alimentar para o Setor das Carnes, situado nas antigas instalações da Didáxis.

Financiado pelo Norte 2020, permitiu que este centro de competências se pudesse capacitar com um laboratório de microbiologia e uma unidade piloto que vão permitir o desenvolvimento de novos produtos e processos destinados ao setor agroalimentar, com foco particular na indústria das carnes.

Este projeto permitiu ainda desenhar um plano de formação para o setor das carnes e o desenvolvimento de um estudo de tendências e de inovação para o setor.

No âmbito da conclusão do projeto, está programada a realização de uma conferência internacional, direcionada para o setor das carnes, marcada para a última semana de setembro, com o objetivo de apresentar o Tecmeat e os trabalhos entretanto desenvolvidos.

Greve dos trabalhadores da IP vai afetar circulação de comboios nos dias 1, 3 e 5 de agosto

A organização sindical representativa dos trabalhadores da IP – Infraestruturas de Portugal (gestor da infraestrutura ferroviária) convocou uma greve para os dias 1, 3 e 5 de agosto e a Comboios de Portugal (CP) prevê «fortes perturbações» na circulação.

Em comunicado, a CP reporta que, «por motivo de greve convocada por organização sindical representativa dos trabalhadores da IP – Infraestruturas de Portugal preveem-se fortes perturbações na circulação de comboios, a nível nacional, em todos os serviços, nos dias 1, 3 e 5 de agosto de 2022».

Está prevista a realização de serviços mínimos nos dias da greve, sem prejuízo de poderem ser realizados comboios adicionais, cuja lista pode ser consultada em www.cp.pt

Famalicense vence prémio com bombons e trufas de medronho

Susana Azevedo, de Famalicão, arrecadou o prémio Potencial de Mercado na 5.ª edição do Food Fab Lab, que decorreu no passado dia 15 de julho, no Tagus Valley, em Abrantes, distrito de Santarém.

Venceu com os bombons e trufas de medronho da empresa SIM Chocolate. O conceito é o reaproveitamento e transformação do medronho com cacau negro, aproveitando os produtos que resultam dessa mesma transformação.

Este prémio representa 500 euros, atribuídos pela Tagusvalley. Passa, também, a poder utilizar os serviços daquele espaço de inovação situado em Alferrarede, no coração do Ribatejo.

Famalicão: Mário Passos congratula-se com avanços no processo de descentralização

Segundo o presidente da Câmara de Famalicão, «o princípio de acordo que os municípios aprovaram ontem com o Governo para a descentralização de competências nas áreas da Educação e Saúde prova que Vila Nova de Famalicão, assim como muitos outros municípios portugueses, tiveram razão ao recusar até ontem as propostas sugeridas pela Administração Central para os dois domínios».

A declaração de Mário Passos surge na sequência da reunião do Conselho Geral da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), do qual é membro efetivo, que teve lugar esta segunda-feira, dia 18, em Coimbra, e na qual acompanhou os seus colegas autarcas na aprovação da nova proposta setorial para a Educação e Saúde.

No caso de Vila Nova de Famalicão, para além do financiamento previsto, o autarca famalicense garantiu a inclusão no documento de um conjunto de obras a realizar até 2030, nomeadamente, a reabilitação e modernização da Escola Secundária Padre Benjamim Salgado e da Escola Básica Bernardino Machado, em Joane, as escolas básicas D. Maria II, Júlio Brandão e Nuno Simões, e a Escola Básica de Gondifelos. Ao nível da Saúde ficou garantida a construção de duas novas unidades de saúde, em S. Miguel-o-Anjo e Joane, estando ainda em negociações com a Administração Regional de Saúde para a inclusão da reabilitação das Unidades de Saúde sediadas em Famalicão.

Em declarações à imprensa, o autarca lembra que Famalicão começou por recusar assumir em 2019 a transferência das competências para as autarquias locais «por se tratarem de tarefas e não de competências e, ainda por cima, desacompanhadas das indispensáveis garantias para a sua execução».

No final do ano passado e início deste ano, o município voltou a adiar essa decisão por considerar não estarem reunidas as condições necessárias para o efeito, nomeadamente ao nível da transferência do respetivo envelope financeiro, que garantisse uma gestão eficaz das áreas.

Para o presidente da Câmara de Famalicão, «as reivindicações dos municípios foi justa e legítima» e permitiu «um acordo mais equilibrado», que reserva mais verbas para as Câmaras Municipais, destinadas à manutenção de equipamentos, para as refeições escolares, fórmulas de financiamento mais equilibradas e a garantia de obras de modernização em equipamentos ainda não intervencionados. É igualmente reservada a possibilidade para as Câmaras e as Comunidades Intermunicipais poderem vir a ter alguma autonomia na gestão dos Centros de Saúde, por exemplo, ao nível dos horários de funcionamento.

Por isso, Mário Passos fala em «avanços positivos» e espera agora que o Governo materialize este acordo.

 

Famalicão: Feira de vestuário em segunda mão regressa a 6 de agosto

A feira de artigos de vestuário em segunda mão regressa à Praça – Mercado de Famalicão a 6 de agosto, entre as 16 e as 20 horas.
Os interessados em participar no Out of the Closet devem efetuar a inscrição até 24 de julho, mediante o preenchimento de formulário, disponibilizado na página de Instagram do evento, sob o nome @??????????????_??????. As inscrições encontram-se limitadas a 20 vagas.
Esta iniciativa enquadra-se numa política de desenvolvimento de uma economia mais circular, visando a redução do desperdício têxtil.

Empreendedorismo cresce em Famalicão

Nos últimos dois anos, o Famalicão Made IN apoiou a criação de quase 100 empresas. As novas empresas e ideias de negócio nasceram e são acompanhadas pelo Gabinete de Apoio ao Empreendedor, através da oferta de um conjunto alargado de serviços, que vão desde o desenvolvimento da ideia de negócio até à participação no programa de aceleração de startups, passando pelo apoio na elaboração de candidaturas a financiamento, consultoria e acompanhamento da gestão operacional do negócio, entre outros.

No dia 15 de julho, numa cerimónia realizada na Casa do Território, os novos empresários receberam o certificado de pertença à Geração Made In.

Grande parte destes projetos resultou da vontade de criação do próprio emprego, mas há também projetos que evoluíram e já são empregadores. «Queremos que Famalicão seja capaz de alavancar novos projetos, que seja um território competitivo e cada vez mais atrativo para quem quer investir, para viver e para trabalhar, e este programa é um bom exemplo do sucesso que procuramos», disse o presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, aquando da cerimónia.

Mário Passos enalteceu ainda a disponibilidade dos mais de 30 mentores que acompanham estes projetos, que, na análise do autarca, são «empresários de referência no concelho de Vila Nova de Famalicão e que integram este processo, partilhando experiências e acrescentando conhecimento aos que agora querem começar a crescer».

Recorde-se que a rede de mentores do Famalicão MadeIN junta um conjunto alargado de empresários e especialistas em áreas de negócio, que se disponibilizam a acompanhar novos projetos, assim como a prestar apoio e mentoria na sua fase inicial.