Paulo Cunha reeleito com 95% dos votos

Paulo Cunha foi reeleito, este sábado, presidente da Distrital de Braga do PSD, com 95,34. O famalicense entende que o resultado “transmite uma grande mobilização no projeto por nós apresentado”.

No total, votaram no distrito 1503 militantes, sendo que 1433 votos foram favoráveis à candidatura de Paulo Cunha. Numa eleição de lista única, “o número de votantes demonstra a vontade de dar o apoio ao projeto que temos para o distrito, fazendo com que, cada vez mais, Braga tenha o seu lugar preponderante no país”, disse o reeleito presidente.

Paulo Cunha garante que assumirá este segundo mandato “com dobrada vontade e empenho para que o PSD consiga alcançar os seus objetivos e continue a ser o verdadeiro partido de promoção do desenvolvimento da região”.

46 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Credithora oferece cartão com 250€ a quem recorrer aos serviços de intermediação de crédito

Se vai comprar ou construir casa e precisa de financiamento, se precisa renegociar ou consolidar o seu crédito, saiba que encontra na empresa famalicense CREDITHORA a solução para todas essas questões.

A CREDITHORA é especialista em contratos de crédito aos consumidores, prestando todo o acompanhamento e apoio na hora de celebrar ou renegociar um crédito. Para além disso, e de forma a poder ajudar todas as famílias, a CREDITHORA dispõe de um serviço de consultadoria gratuita na intermediação de crédito.

Até ao final deste mês de fevereiro, ao recorrer aos serviços da CREDITHORA (crédito habitação, construção, transferência de crédito, auto construção), exclusivamente por e-mail geral@credithora.pt ou pelo contacto 912 971 210, pode usufruir de um cartão de 250 euros para gastar em qualquer loja Worten do território nacional. Esta é uma oferta direta, válida para todos os clientes e sem concurso / passatempo.

Pode saber mais sobre esta campanha no facebook ou instagram da CREDITHORA .

A CREDITHORA está localizada em plena Avenida Marechal Humberto Delgado, 263 1ºDt Frente, em Vila Nova de Famalicão. Todos os serviços estão disponíveis para consulta no site credithora.pt.

Famalicão: FAC vai a Cascais e Riba d´Ave fica em casa

O campeonato Placard Hóquei prossegue este sábado, com a realização da jornada 16, que reserva a deslocação do FAC ao reduto do Murches, penúltimo classificado, com 8 pontos, enquanto que o Famalicense é oitavo, com 17 pontos. Esta partida está marcada para as 16 horas.

Já o Riba d´Ave/Sifamir joga em casa, às 18h30, tendo como adversária a Juventude de Viana, última da classificação, com 7 pontos. Os ribadavenses encontram-se na décima posição, com 13 pontos.

Famalicão: Símbolos da Jornada Mundial da Juventude nos BV Famalicenses

O quartel da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Famalicenses recebe, este sábado, pelas 21h30, a peregrinação dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude.

A Cruz peregrina e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani, símbolos deste encontro mundial que decorre em agosto, em Lisboa, passam no quartel onde os efetivos da corporação estarão em formatura.

 

Famalicão: Segunda-feira arrancam as obras de recuperação da Bacia do Ave

O presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Mário Passos, e o vice-presidente da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), José Pimenta Machado, assinalam esta segunda-feira, dia 6 de fevereiro, o arranque das obras de recuperação e valorização hidrográfica da Bacia do Ave, com uma passagem no Rio Pelhe.

Recorde-se que a autarquia famalicense viu aprovada uma candidatura, no valor de 1.2 milhões de euros, para a recuperação e valorização dos rios Ave, Pelhe, Guisande e do ribeiro de Beleco, em Ribeirão. A primeira intervenção a realizar no âmbito deste projeto arranca no rio Pelhe e será executada pela empresa Ambiflora.

Refira-se que o projeto de recuperação e valorização hidrográfica da Bacia do Ave prevê a renaturalização de ribeiras em espaço urbano, sobretudo com a estabilização do seu leito; a estabilização das margens e a beneficiação de habitat para espécies ribeirinhas em domínio hídrico; a melhoria das condições de escoamento e desobstrução da rede hidrográfica; a mitigação dos efeitos das cheias; a reabilitação de infraestruturas degradadas, a contenção de espécies invasoras e o reforço dos sistemas de monitorização da qualidade da água. A intervenção abrange uma extensão total de cerca de 20 quilómetros, atravessando zonas agrícolas/florestais e aglomerados urbanos, com incidência nas freguesias de Ribeirão, Fradelos, Lousado, UF de Vila Nova de Famalicão e Calendário, UF de Esmeriz e Cabeçudos e UF de Arnoso e Sezures.

A candidatura foi apresentada em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e é financiada pelo Portugal 2020, no âmbito do COMPETE 2020, no montante de 1.285.283,60 euros, dos quais 1.284.990,00 são provenientes do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Famalicão: Tradicional desfile de Carnaval de Santa Eulália é no dia 19 de fevereiro

A Associação Desportiva e Cultural de Arnoso Santa Eulália realiza o tradicional desfile de Carnaval no dia 19 de fevereiro, com início pelas 15 horas, junto ao café Extremo.

O corso percorre várias ruas da freguesia, terminando no salão polivalente da associação.

Este desfile tem colaboração da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal.

 

Projeto da Casa da Música regressa à Trofa

“Holograma”, projeto da Casa da Música, vai ser apresentado entre os dias 9 e 12 de fevereiro, no auditório da Junta de freguesia de Bougado, polo de São Martinho.

Este projeto, desenvolvido pela Área Metropolitana do Porto, e que vai passar por 17 municípios da Área Metropolitana do Porto, pretende possibilitar ao público em geral experiências musicais com raiz pedagógica e educativa.

Cada edição do “Holograma” é especialmente concebida para o Município em questão, com a qualidade artística e os cuidados de produção que são próprios da Fundação Casa da Música.

Na edição deste ano, o projeto “Holograma” apresenta um programa de acesso gratuito, dividido em apresentações para a comunidade escolar, 9 e 10 de fevereiro, e para o público em geral, 9, 10, 11 e 12 fevereiro.

Assim, dia 9, às 9h30 e às 11h00, o espetáculo “Ler” explora a relação entre a voz falada e a música. Num diálogo para que são convocados instrumentos eletrónicos e acústicos, o itinerário passa por vários momentos da História de Portugal, evocando também o prazer e a riqueza que a música nos tem legado ao longo do tempo.

No dia seguinte, também às 9h30 e às 11h00, “Fonte Fontaine” remete a comunidade escolar para as fábulas da infância com reinvenções e desfechos improváveis.

Direcionado para o público em geral e com entrada gratuita, a APPACDM apresenta, nos dias 9 e 12 de fevereiro, pelas 21h00, o espetáculo “Comunidades”.

No dia 10, pelas 21h00, o projeto Holograma apresenta “Sopa d’Urso”, um sexteto composto por Ricardo Folha na voz e guitarra; Xavier Santos na guitarra; Daniel Fernandes no baixo e voz; Sean Kong nos teclados e voz; Eduardo Santos nos teclados e Pedro Coelho na Bateria, que apresenta uma sonoridade pop-rock herdeira de alguns dos principais projetos portugueses revelados nas décadas de 80 e 90. Em 2020 o projeto apresentou o seu trabalho de estreia, “Colher de Pau”. Passados dois anos a banda reinventou-se com a saída e entrada de novos elementos e para breve promete apresentar novo álbum.

No sábado, 11 de fevereiro, dedicado às famílias e ao público infantil – dos 6 aos 12 anos, o espetáculo “Ler”, fará dois concertos no auditório, às 10h00 e às 11h30. À noite, a partir das 21h00, terá lugar o concerto “Solistas da Casa da Música”. Para além de ser um edifício dedicado à realização de concertos de todos os géneros, a Casa da Música é também a “casa” de vários agrupamentos profissionais, que ali ensaiam e se apresentam regularmente, entre os quais uma orquestra sinfónica, uma orquestra barroca, um ensemble de música contemporânea e um coro. Os Solistas da Casa da Música que se apresentam no Holograma são formados por músicos da Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, da Orquestra Barroca Casa da Música ou do Remix Ensemble.

No dia 12 de fevereiro, o espetáculo “Fonte Fontaine” apresenta, às 10h00 e às 11h30, o concerto direcionado ao público infantil, dos 0 aos 6 anos.