Incêndio em apartamento de Calendário

Um pequeno foco de incêndio deflagrou, na hora de almoço desta quarta-feira, num dos apartamentos da Rua do Outeiro, em Calendário, Vila Nova de Famalicão.

As chamas deflagraram num exaustor que, segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários Famalicão, se terá incendiado na sequência de um curto-circuito. O alerta para os bombeiros foi dado pelas pessoas que estavam no interior do apartamento.

Rapidamente chegaram os Bombeiros Voluntários de Famalicão, acompanhados mais tarde pelos Bombeiros Voluntários Famalicenses, que procederam aos trabalhos de ventilação do espaço e assistência a todos aqueles que estavam no interior do apartamento.

Não há feridos, apenas danos materiais.

FC Famalicão quer “o melhor jogador da Liga 3”

O presidente da SAD do Famalicão assume claro interesse em Théo Fonseca, avançado de 21 anos que se destacou ao serviço do Felgueiras.

Em entrevista ao Canal 11, na noite desta terça-feira, Miguel Ribeiro considerou que o jovem jogador é “um dos melhores da Liga 3, para mim o melhor. Ainda não assinou, mas está encaminhado. Mas se ele não vier é porque não quer vir. Da nossa parte está completamente assumido».

Théo Fonseca terminou a época com 15 golos em 28 jogos pelo Felgueiras

Famalicão: Festival de Vídeo Ecológico recebeu 300 candidaturas

Depois de dois anos sem realizar a grande gala em formato presencial, o Bgreen – Ecological Film Festival (festival de vídeo ecológico) regressa a Famalicão a gala internacional, marcada para o dia 9 de junho, pelas 21h30, no anfiteatro ao ar livre do Parque da Devesa, onde serão entregues os prémios e exibidos os vídeos vencedores.

Nesta 11.ª edição do festival, que incide sobre a mobilização dos jovens para as causas ambientais, foram recebidas perto de 300 candidaturas provenientes de escolas de todo o mundo. A lista de finalistas é composta por cerca de 30 vídeos oriundos de Portugal, Espanha, Noruega, Colômbia e Chile. Além de outros premiados, o vencedor tem direito a uma viagem Eco-Aventura aos Açores.

Na apresentação oficial do evento, esta terça-feira, dia 24 de maio, nas instalações da OFICINA – Escola Profissional do INA, estiveram presentes o vereador da Educação e Ciência do município de Famalicão, Augusto Lima, acompanhado pelo diretor pedagógico da OFICINA, Miguel Sá Carneiro.

O responsável pela pasta da educação na Câmara de Famalicão realça que «este festival envolve três fatores importantes: a sustentabilidade e os desafios que envolve, (…) a internacionalização, algo que nos toca bastante como concelho aberto ao mundo (…) e a componente tecnológica e audiovisual, que condiz com as práticas atuais dos nossos jovens».

O diretor pedagógico da OFICINA disse que «mais que um festival de vídeo, o Bgreen é fundamentalmente um projeto educativo que aprofunda a dimensão humana em torno da sustentabilidade e da lógica ecológica (…) procurando desenvolver esta sensibilidade nas camadas mais jovens de estudantes», exprime Miguel Sá Carneiro.

Refira-se que o Bgreen – Ecological Film Festival é um festival de vídeo dedicado a temas ligados à causa ambiental e à ecologia, destinado a estudantes com idades compreendidas entre os 13 e os 21 anos. É promovido e organizado pela OFICINA – Escola Profissional do INA desde 2011 e conta com o apoio, entre outras entidades, da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

 

Famalicão: Antoninas também são a festa do desporto

A Festa de Santo António também é sinónimo de desporto, com quase uma dezena de eventos, de diferentes modalidades. Um deles é o Grande Prémio de Atletismo Bernardino Machado, uma das provas populares mais acarinhadas pelos famalicenses, com partida e chegada na Rua Padre Benjamim Salgado, junto às escolas.

A prova, organizada pelo município em colaboração com a Associação de Atletismo de Braga, realiza-se na manhã do dia 12 de junho (10h00), e divide-se em dois segmentos: uma corrida de 10 quilómetros e uma caminhada de seis.

As inscrições já decorrem online em www.famalicaodesportivo.pt e www.aabraga.pt e são gratuitas até ao dia 9 de junho. Podem também ser efetuadas presencialmente até ao dia 8, nas piscinas municipais, na Casa da Cultura e no Gabinete do Famalicão em Forma. Às inscrições de última hora é aplicada uma taxa de 5 euros.

Poderão participar na prova atletas em representação de clubes, coletividades, organizações populares, empresas e individuais, federados ou não federados, no escalão de Juniores, Seniores e Veteranos (masculinos e femininos).

No final, serão entregues prémios de presença a todos os participantes, troféus para os três melhores classificados de cada escalão e género e ainda prémios por equipas às três primeiras equipas da geral.

Mas há mais desporto nas Antoninas para além do Grande Prémio de Atletismo. Este ano, contam-se perto de uma dezena de provas, entre elas, a Primavera Desportiva 2022 e a 7.ª Descida Mais Louca de Famalicão, no dia 10 de junho, o 29.º Raid Antoninas e a Taça de Portugal de Alex Ryu Jitsu, no dia 11, a Prova Columbófila das Antoninas, no dia 12, e as Antoninas Cup na Academia do Futebol Clube de Famalicão, no feriado de 13 de junho.

Programa completo das Festas Antoninas de Famalicão em www.famalicao.pt.

 

Famalicão: Noite do Conto e da Poesia em Lousado

A Casa do Povo de Lousado acolhe, esta sexta-feira, pelas 21h30 a “Noite do Conto e da Poesia” uma iniciativa do Departamento de Animação Sócio Cultural do Município de Famalicão, que acontece mensalmente numa localidade do concelho.

Esta sessão tem como tema “Lugares; o autor escolhido é Manuel António Pina; a animação musical é de André Ferreira e conta com a colaboração da Casa do Povo e apoio da Junta de Freguesia de Lousado. A entrada livre é limitada à lotação do espaço.

Famalicão: Sinalética no “Trilho da Cangosta” para conhecer Camilo

O Município colocou sinalética no Trilho da Cangosta do Estevão para identificar o caminho outrora percorrido por Camilo Castelo Branco, entre Seide e Landim. O percurso, de 3 km, é um convite ao exercício físico e ao conhecimento de Camilo e da sua obra.

A caminhada inaugural do percurso na passada sexta-feira, dia 20 de maio, no âmbito da celebração da Noite Europeia dos Museus, envolveu mais de meia centena de caminhantes, entre eles, o vereador da Cultura e do Desporto, Pedro Oliveira.

O percurso oferece diversos pontos de interesse: desde a evocação de familiares/descendentes e de pessoas conhecidas ou das relações pessoais do romancista; o conhecimento da paisagem que serviu de inspiração e de criação literária ao escritor; a promoção da prática de exercício físico; o contacto com a natureza e a fruição de ambientes campesinos do Minho.

Durante o percurso estão destacados alguns lugares mais relacionados com a vida e a ficção camilianas, nomeadamente, a azenha da Maria Moisés, a casa de Passelada – onde residiu Ana Rosa Correia, mulher de Nuno Castelo Branco -, a quinta do Pregal – que a tradição atribui ter ali residido Marta, protagonista de «A brasileira de Prazins» -, a casa de António José Pinto Monteiro – «O cego de Landim» – e a Igreja do Mosteiro de Landim – mosteiro que foi propriedade de António Vicente, amigo íntimo do escritor, e ali existe um quarto onde o escritor passava alguns dias.

De referir que a colocação de sinalética no «Trilho da Cangosta do Estevão» resultou de um investimento municipal de mais de 20 mil euros, apoiado pela candidatura «Valorização da visita a Seide», aprovada no âmbito do programa operacional Norte2020, inserido no projeto Amar o Minho, cofinanciado através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).