VAMOS LÁ VER SE NOS ENTENDEMOS

RIBA DE AVE. No espaço de 2 anos, na prática, perdeu o ensino público secundário com a proibição da abertura de novas turmas de inicio de ciclo nas duas escolas com contratos de associação. Perdeu a presença da banca pública com o encerramento da CGD e assiste agora, estupefacta, à decisão de encerramento do Posto dos CTT. O sentimento de desinvestimento público estatal é mais do que legítimo.

REESTRUTURAÇÃO. Todas as empresas têm direito a se ajustarem às novas exigências do mercado. Porém, quando essas empresas, sejam elas públicas ou privadas, prestem serviços públicos essenciais e estes sejam afetados com aqueles processos de ajustamento, nessa altura fica em causa o cumprimento do próprio contrato de serviço público.

INCUMPRIMENTO. Os CTT – Correios de Portugal, SA, são uma empresa privada que presta um serviço público essencial: o serviço postal. Se por razões de mercado não está em condições de assegurar a sua prestação em condições sustentáveis, o Estado ou lhe proporciona essas condições, alterando o contrato ou aceitando a restruturação preconizada, ainda que em prejuízo do serviço público ou, simplesmente, resgata a concessão, neste caso, renacionaliza a empresa.

PRIVATIZAÇÃO. A questão central não é pois a de saber se a empresa é privada ou pública. Todos conhecemos empresas públicas que prestam mal o serviço público e empresas privadas que o fazem muito positivamente. A privatização dos CTT, prevista nos PEC´s do Governo socialista de José Sócrates, mais tarde inserida por sua mão no Memorando de Entendimento da Troika, um compromisso internacional cumprido pelo Governo do PSD/CDS-PP, não é a questão central.

ESSENCIAL. A questão central é o incumprimento do contrato de serviço público e as demais obrigações que lhe estão associadas. Porque estamos a falar da prestação de um serviço público e não de uma mera atividade comercial, as populações, via respetivas autarquias, deviam ter sido previamente informadas. Não o foram. Têm o direito de saber porque razão encerra este e não um outro balcão. Mas não sabem. Têm o direito de saber se o Governo aceita este encerramento e desde quando está ao corrente da decisão dos CTT. Mas também não sabem. Desproporcionada é coisa que seguramente não pode ser apelidada à indignação dos ribavadenses.

Jorge Paulo Oliveira

(Deputado do PSD na Assembleia da República)

Famalicão: Bike Tour Tiago Machado é no dia 20 de novembro

A décima segunda edição do Bike Tour Tiago Machado, iniciativa que inclui uma caminhada também aberta à participação de todos os interessados, realiza-se na manhã do dia 20 de novembro, com o apoio da Associação de Ciclismo do Minho. O passeio decorre a partir da freguesia de Vale S. Martinho, assumindo um cariz solidário e com a presença de atletas de renome. As inscrições devem ser formalizadas em www.acm.pt.

Este passeio de bicicletas é uma oportunidade para pedalar com o ciclista Tiago Machado (Rádio Popular / Paredes / Boavista) que anunciou o fim da carreira profissional este ano e que em 2023 assumirá o cargo de coordenador da academia de ciclismo da Efapel Cycling.

O percurso tem uma extensão de cerca de 18 quilómetros (dificuldade baixa), enquanto a caminhada tem cerca de 6 kms (dificuldade baixa). Os participantes no Bike Tour habilitam-se ao sorteio de vários prémios, sendo que brevemente será anunciada a instituição para qual reverterá a verba angariada.

Fotos: Pedro Sarmento – Lusa

 

Famalicão: Desfolhada tradicional em Mogege

O Rancho Folclórico Santa Marinha de Mogege realiza na noite do próximo sábado, a partir das 21 horas, uma desfolhada tradicional.

De entrada livre, a desfolhada decorre na eira dos irmãos Freitas, junto ao Café Águia, no lugar da Portela.

Famalicão: Jovens partilham ideias e desafios para o seu futuro profissional

Mais de 30 jovens famalicenses, que procuram um novo desafio profissional, participaram, na semana passada, em dois Creativity Camp, com duração de dois dias, promovidos pelo programa Contrato Local de Desenvolvimento Social 4G/Comunidades Incubadoras.

Esta ação de formação, que decorreu na Casa da Juventude, tem objetivos e metodologias de trabalho específicos e contou com o apoio do Movimento Transformers, sendo «um espaço e momento de partilha, criatividade, desafios e procura de soluções», conforme referiu Ana Carvalho, coordenadora da equipa do CLDS.

Sonhos, objetivos, propósito, forças e fraquezas, análise e foco, foram alguns dos conceitos que se debateram nesta ação. A identificação de áreas de interesse e o pensamento criativo para o desenho de novas soluções foi uma constante ao longo dos dois dias de formação.

No decorrer desta iniciativa surgiram projetos com potencial de serem incubados com o apoio da equipa do CLDS 4G no território do Município.

O CLDS 4G é um programa do Instituto da Segurança Social, promovida pela Câmara Municipal e que tem a ENGENHO, como entidade coordenadora e executora do projeto.

Famalicão: “Manta de Afetos” no Dia Internacional da Pessoa Idosa

“Manta dos Afetos” é muito mais do que uma tapeçaria, representa convívio e interação entre centenas de pessoas de mais idade. Estes trabalhos foram mostrados no dia 1 de outubro, nas comemorações do Dia Internacional da Pessoa Idosa, assinaladas no concelho famalicense com uma festa convívio que decorreu no Parque do Quinteiro, em Oliveira São Mateus.

Perto de três centenas de seniores famalicenses associaram-se à festa que contou com vários momentos de animação, protagonizados pelos alunos dos cursos técnicos de desporto, geriatria e restauração da Didáxis de Riba de Ave e pela Tuna ARRA, Associação de Reformados da freguesia, e com uma ação de sensibilização para os direitos da pessoa idosa pela PSI-ON.

O município de Famalicão já anunciou a intenção de criar Academias Seniores, um programa descentralizado de promoção de uma vida ativa junto dos seniores. Presente no convívio de Oliveira S. Mateus, o presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, falou «na importância de se trabalhar a problemática do isolamento social, de reforçar os laços de pertença dos seniores à comunidade e de potenciar uma vida mais ativa através do trabalho criativo e da partilha de atividades e de experiências, conforme são objetivos deste projeto».

 

 

Famalicão: Casal apanhado pela GNR a roubar combustível do depósito de duas viaturas

A GNR deteve hoje um homem, de 40 anos, e uma mulher, de 30, por furto de combustível no concelho de Barcelos, no distrito de Braga, anunciou aquela força.

Em comunicado, a GNR refere que se trata de uma investigação envolvendo mais de uma dezena de furtos de combustível nos concelhos de Barcelos, Vila Nova de Famalicão, Santo Tirso e Vila do Conde.

Os suspeitos foram detidos em flagrante, quando se encontravam a furtar gasóleo do depósito de duas viaturas, num estaleiro de obras.

No seguimento da ação policial, foi realizada uma busca domiciliária que permitiu apreender 175 litros de gasóleo, 17 bidões para transporte de combustível, uma viatura, um telemóvel e diverso material associado àquele tipo de furto.

Os suspeitos vão ser presentes na terça-feira ao Tribunal de Barcelos, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

Famalicão: Eduardo Oliveira apresenta lista

Eduardo Oliveira, recandidato à concelhia do Partido Socialista de Famalicão, divulgou a sua lista para a Comissão Política, onde figuram nomes como Sandra Moreira, de Vilarinho das Cambas; Manuel Loureiro, antigo autarca de Fradelos e mandatário da candidatura de Eduardo Oliveira; Sérgio Cortinhas, vereador municipal oriundo de Joane; Jorge Costa, líder do grupo do PS na Assembleia Municipal; Aristides Freitas, Camilo Lellis, Sandra Lopes, Amaro Araújo, Manuel Carvalho, Elisa Costa, Rui Carvalho, entre outros.

Isabel Silva também se recandidata à presidência da comissão política das Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos de Vila Nova de Famalicão. Ricardo Dias recandidata-se a coordenador da secção de Famalicão e Laetitia da Costa também se recandidata a coordenadora da Secção de Riba de Ave.

António Silva, que foi candidato à presidência da Junta da União de Freguesias de Famalicão e Calendário, e Albano Costa são candidatos a presidentes das mesas das seções de Vila Nova de Famalicão e Riba de Ave, respetivamente.
Recorde-se que Eduardo Oliveira é o atual presidente da concelhia do PS e recandidata-se para um segundo mandato, com a moção “Todos por Famalicão”, tendo por objetivo «continuar a crescer para servir Famalicão» e ganhar as autárquicas de 2025.

As eleições realizam-se no próximo sábado, dia 8 de outubro, na sede concelhia do Partido Socialista de Vila Nova de Famalicão, entre as 14h00 e as 22h00.