ESSA É QUE É ESSA

BELMIRO. Depois do voto contra dos comunistas e a abstenção dos bloquistas à manifestação de pesar no Parlamento pela morte de Belmiro de Azevedo a pergunta que fica é como é que estes dois partidos que desprezam o papel dos empresários e o primeiro até idolatra ditadores sanguinários, conseguem ter o voto de mais de um milhão de portugueses?

CULTURA. Muitas vezes temos a sensação de nos estarmos a esquecer de algo, embora não saibamos exatamente o quê. Eis um sentimento que nunca assola comunistas e bloquistas por alturas da discussão do Orçamento do Estado, pelo menos quando o assunto se dá pelo nome de Cultura. Andam há dois anos a reclamarem mais verbas para a Cultura, que dizem vergonhosamente baixas, mas depois, tal como acontecera para 2016 e 2017, voltam a aprovar, para 2018, um Orçamento para a Cultura que se limita a um envergonhado 0,2% do total do Orçamento do Estado, ou seja menos do que aquilo que tinha no tempo do anterior governo. O esquecimento é, pois, total. Este é o retrato de uma esquerda sem decoro que ao fim de dois anos nunca foi capaz de obter uma posição conjunta com os socialistas sobre o setor apesar de andar com a Cultura sempre no céu-da-boca.

EUROGRUPO. A eleição de Mário Centeno para a presidência do Eurogrupo não trará nenhuma especial vantagem para Portugal. Nem “os santos da casa fazem milagres”, nem o ministro das Finanças português, como líder de um grupo com representantes de 18 países, tem legitimidade para colocar os interesses portugueses acima dos demais. Sem embargo, os ganhos reputacionais de Portugal são evidentes. Só por miopia política alguém dirá o contrário.

CAMBALHOTA. Em plena discussão orçamental o PS aprovou e reprovou a proposta do BE para a criação de uma nova taxa sobre as energias renováveis. Uma cambalhota energética que levou Mariana Mortágua a acusar António Costa de não ter honrado a palavra. Este ouviu e calou. E depois? Depois, ainda que o clima se tenha deteriorado, tudo ficou como d´antes. Cinicamente o Bloco de Esquerda aprovou o Orçamento do Estado. Essa é que é essa.

Hóquei em patins: FAC fecha campeonato com vitória

Depois de ter garantido, na penúltima jornada, o regresso à 1.ª divisão, a equipa de Vítor Silva terminou a época com uma vitória, 6-8, em casa do CH Carvalhos, em partida disputada este sábado.

O FAC totalizou 68 pontos em 26 jornadas da zona norte do nacional da 2.ª divisão, em resultado de 22 vitórias e apenas 2 empates e outras tantas derrotas. Agora, segue-se a disputa do título nacional frente ao primeiro classificado da zona sul, o CRF Murches, equipa de Cascais.

Hóquei em patins: Riba d´Ave/Sifamir discute promoção à 1.ª divisão a 4 e 11 de junho

Fechada, este sábado, a zona norte do nacional da 2.ª divisão, o Riba d´Ave/Sifamir, segundo da prova, com 64 pontos, depois da vitória, 6-2, sobre o Infante de Sagres, vai disputar o play off de promoção com o Sport Alenquer e Benfica. Os jogos que vão determinar qual destas equipas sobre à divisão maior da modalidade decorrem nos dias 4 e 11 de junho.

Da última jornada da fase regular, a equipa de Raul Meca começou a perder, mas depois do empate de Miccoli não mais largou a frente do marcador. Anderson Nery fez o 2-1, seguindo-se novo golo de Miccoli. Os visitantes reduziram para 3-2, mas antes do intervalo Hugo Barata fez o quarto golo ribadavense. Na segunda parte, mais dois golos: Miccoli aos 7 e Artur Ribeiro aos 24 minutos.

Foto: Marlene Ferreira

 

Ambiente: Espaços verdes de Famalicão contam com uma nova sinalização

O Município de Vila Nova de Famalicão está a sinalizar alguns espaços verdes do concelho com placas informativas que dão conta das novas práticas adotadas no tratamento e manutenção deles.

Estas novas soluções requerem menos recursos, nomeadamente água, que valorizam as espécies autóctones, os insetos polinizadores e o ecossistema e que podem ser reproduzidas em qualquer jardim, informa a autarquia.

Famalicão: Despiste de mota na Av. do Brasil faz um ferido

Pelo menos uma pessoa ficou ferida, na manhã deste domingo, num despiste de mota, em plena Avenida do Brasil, em Gavião, Vila Nova de Famalicão.

O acidente deu-se cerca das 08h00 e para o local foram acionados os Bombeiros Voluntários Famalicenses e a VMER da unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.

Desconhece-se o tipo de ferimentos da vítima.

Famalicão: Daniela Lopes é campeã nacional de águas abertas

Daniela Lopes, do GD Natação, é campeã nacional júnior de Águas Abertas e consegue o apuramento para o Europeu. O feito foi alcançado este sábado, na prova que decorre em Avis.

Afonso Silva foi quarto no mesmo escalão no campeonato nacional de Águas Abertas.